Salada quente de trigo, legumes e tempeh

Ingredientes (para 3 pessoas)

– 150 g de trigo;

– ½ curgete;

– 100g de couve-flor;

– 1 cebola;

– 3 dentes de alho;

– 50g de tempeh;

– 1 tomate;

– azeite q.b.;

– sal q.b.;

– pimentão doce q.b.;

– açafrão q.b.;

Preparação:

– Colocar a couve-flor em água fervente durante cerca de 5 minutos. Reservar;

– Coza o trigo segundo as instruções da embalagem;

– Num tacho colocar a cebola cortada grosseiramente, o alho e um fio de azeite. Deixar alourar durante cerca de 1 minuto;

– Juntar a curgete cortada aos quadrados e o tempeh cortado finamente;

– Juntar os temperos (sal, pimentão doce e açafrão). Deixe cozinhar cerca de 5 minutos;

– Junte a couve-flor, o tomate e o trigo. Envolva;

– Deixe cozinhar durante cerca de 2 a 3 minutos;

– Desligue o fogão. Se necessário junte mais azeite.

DGS lança Manual de Alimentação Vegetariana em Idade Escolar

Alimentação vegetariana em idade escolar banner

A Direção-Geral da Saúde lança, pela primeira vez, um manual dedicado à alimentação vegetariana em idade escolar, no âmbito do Programa Nacional para a Promoção da Alimentação Saudável.

Este manual pretende divulgar cuidados base essenciais a ter na adoção de um padrão alimentar vegetariano por parte de famílias onde existam crianças em idade escolar e seus riscos e vantagens. Sugere-se que seja possível produzir refeições vegetarianas muito diversificadas recorrendo a produtos vegetais nacionais, sazonais e de proximidade, muitos deles enquadrados na nossa tradição mediterrânica e promovendo a agricultura nacional e os seus produtos vegetais de qualidade.

O documento foi elaborado por uma equipa multidisciplinar onde se incluem pediatras e nutricionistas com experiência na área. Depois do manual Linhas de Orientação para uma Alimentação Vegetariana Saudável, pretende-se que esta seja uma forma de contribuir para o conhecimento dos profissionais de saúde e da população em geral, evitando erros e desinformação a que muitas vezes este tema é associado. Ao mesmo tempo, reconhece-se a necessidade deste padrão alimentar ser acompanhado de perto por profissionais de saúde.

Para mais informações consulte o Manual de Alimentação Vegetariana em Idade Escolar.

Fonte: Direção-Geral de Saúde

Bolo de laranja e cenoura (sem ovos)

 

Ingredientes

1 + ½ chávena de farinha de trigo

1 + ½ chávena de farinha de centeio integral
½ chávena de açúcar mascavado

½ chávena de geleia de arroz
1 colher (sopa) de fermento em pó
1 colher (café) de bicarbonato de sódio
1 colher (sopa) de vinagre branco ou de maçã
1 colher (sopa) de baunilha em pó
1 pitada de sal
½ chávena de azeite
sumo de 4 laranjas
raspa de um cenoura média

Preparação

Num recipiente, coloque e misture os ingredientes secos.

Noutro recipiente misture os líquidos.

Verta, lentamente, os ingredientes líquidos nos secos.

Despeje a massa numa forma forrada com papel vegetal.

Deixe cozer cera de 30/35 minutos.

Deixe arrefecer antes de desenformar.

Trabalho prático Web 2.0

Prova e Degustação das receitas realizadas pelos alunos

Venho por este meio convidá-los para a prova e degustação das receitas realizadas pelos alunos do curso de Qualidade Alimentar da Escola Secundária Salvador Gonçalves

Inauguração da Escola Secundária Salvador Gonçalves

Venho por este meio convidar V.Exª a comparecer na Inauguração da Escola Secundária Salvador Gonçalves, em Vila do Conde.

ANEMIA E VEGETARIANISMO: O DESVENDAR DE UM MITO

Fonte (imagem): brunaquaglio.com

Anemia é uma situação em que o componente que transporta o oxigénio no organismo (hemoglobina) diminui.

Quando tal ocorre, geralmente sente-se cansaço, palidez, aceleração dos batimentos cardíacos, dentre outros sintomas.

São muitos os fatores que podem provocar a anemia e devem, necessariamente, serem deslindados pelo seu médico.

A causa mais frequente, em termos nutricionais, é a falta de ferro, porém, é igualmente possível ser resultante da falta de vitamina B12, ácido fólico (vitamina B9), vitamina A, dentre outras causas.

Existem também outras causas que não têm, forçosamente, uma relação direta com a nutrição para o seu aparecimento, como a talassemia, e a anemia falciforme, doenças renais, neoplasias, perdas sanguíneas, parasitas intestinais, hipotireoidismo, processos inflamatórios crónicos…

Qual é a causa mais comum da anemia?

A falta de ferro é a causa nutricional mais comum.

Vegetarianos têm mais risco de ter anemia por falta de ferro?

Não, não tem. Há um grande estudo publicado por Hunt, em 2003, que demonstrou que a prevalência de anemia por falta de ferro é a mesma em vegetarianos e não vegetarianos. Mas como 1/3 da população mundial sofre carência do mineral, todos nós, vegetarianos ou não, devemos nos precaver.

O que fazer se a anemia é por falta de ferro? Devo modificar a minha dieta ou tomar suplementos de ferro?

Poderá ter de tomar suplementos. A alimentação pode não ser suficiente para corrigir definitivamente essa condição.

Simultaneamente, deve aprender a otimizar o ferro da dieta, escolhendo as fontes mais ricas do mineral, e adequando os fatores da dieta que auxiliam e que inibem a absorção de ferro.

Após a correção deve-se acompanhar a pessoa para verificar se ela consegue manter os seus níveis de ferro (hemoglobina) apenas com a alimentação.

Muitas vezes a dieta já é totalmente adequada para a melhor absorção do ferro, porém, a anemia permanece. Isso é muito comum em algumas mulheres devido à perda de sangue menstrual, que pode exaurir o ferro do organismo. É menos frequente encontrar homens anémicos, pois não costumam ter perda de sangue, exceto nos casos de hemorroidas que sangram, doação de sangue ou algumas doenças.

Otimizando a absorção do ferro ingerido:

  •  Utilize alimentos ricos em vitamina C, como frutas e verduras junto com a refeição que contém ferro. Não adianta ingerir o ferro em uma refeição e a vitamina C na outra! O mineral e a vitamina devem se encontrar na mesma refeição.
  •  Se gostar, utilize panela de ferro para o preparo dos alimentos.
  •  Não utilize café, chá preto, chá de outras ervas e cacau juntamente, e próximo, das refeições que contenham maior teor de ferro, pois esses compostos dificultam a sua absorção
  •  Evite o consumo de leite, laticínios e ovos nas refeições mais ricas em ferro, pois esses alimentos também dificultam a absorção do ferro. Vegans têm mais fatores positivos para a absorção de ferro do que os ovo-lacto-vegetarianos.
  •  Reduza o teor de ácido fítico dos alimentos (composto que dificulta a absorção do ferro) deixando os grãos de molho na água por 8 a 12 horas. Deite a água fora depois.
  •  Utilize alimentos naturais e integrais. Eles podem facilitar a absorção do ferro.
  •  Não faça uso de antiácidos indiscriminadamente, pois eles atrapalham a absorção do ferro.

E se a anemia é por falta de B12?

Nesse caso a falta de B12 já está muitíssimo acentuada. Anemia por deficiência de B12 é uma condição rara de encontrarmos.

E as demais causas de anemia, como são tratadas?

Depende de cada uma delas, pois como apresentam etiologias (origens) diferentes receberão formas completamente diferentes de tratamento. É possível ser necessário o uso de hormonas (como na doença renal), assim como transfusão de sangue em formas hereditárias.

Não se arrisque! Seja acompanhado por um médico que entenda da sua doença ou condição.

Só resolvemos adequadamente um problema quando sabemos a sua causa. Para que o tratamento seja adequado é necessário que o diagnóstico seja correto.

Fonte: Dr. Eric Slywitch| http://www.alimentacaosemcarne.com.br/ (adaptado)

Ajude-nos a escolher o nosso logotipo:)

Bolo vegan de banana

Ingredientes:

  • 1 chávena (chá) de farinha de trigo banca (com fermento)

  • 1 chávena de farinha de centeio integral

  • ½ chávena de açúcar mascavado

  • ½ chávena de geleia de arroz

  • 2 colheres de chá de canela em pó

  • 1 pitada de sal

  • ½ chávena de azeite

  • ¾ de chávena de bebida vegetal (nesta recita usei bebida de arroz)

  • 1 banana grande triturada

  • 1 colher de sopa de sidra (também pode usar vinagre se vinho branco)

  • 2 colheres de chá de fermento em pó

Preparação:

  • Pré-aqueça o forno

  • Num recipiente, coloque a farinha de trigo branca, a integral, o fermento, o açúcar, a canela, a geleia de arroz, e o sal. Envolva.

  • Adicione o azeite, a bebida vegetal, a banana e o vinagre. Misture até a massa ficar homogénea.

  • Forre uma forma com papel vegetal.

  • Coloque esta mistura na forma e deixe cozer durante cerca de 30 minutos a 150 graus.

  • Depois do bolo cozido e frio, desenforme e polvilhe com açúcar em pó.

Lasanha Vegetariana

Lasanha Vegetariana – Receita da Bimby

image

Categorias

Follow Vegetarianismo … ou quase! on WordPress.com